testemunhos 06
Maria João Godinho

A aventura de descobrir os meus limites e de os superar é aquilo que me tem entusiasmado nas actividades Montes e Vales - obrigada pela descoberta.

Carlos A. Teixeira

Grande espírito de camaradagem e partilha. Existe uma grande entre-ajuda entre todos os participantes. O convívio existe naturalmente. Casamenteiro o David? Não! Facilitador apenas. Contudo o que mais me fascina nas actividades da Montes e Vales é o sentido de responsabilidade da organização bem como a proficiência dos elementos envolvidos na mesma.

Christine Ratzke de Figueiredo

Gostei a minha caminhada de Guincho para o Cabo de Roca especialmente pela composição dos participantes. Foi um grupo simpático com uma energia positiva.

Francisco Vassalo Santos

Pela minha pouca experiência de actividades com a "MV" que: 1) Dão garantias de conhecimento das técnicas, 2) Do reconhecimento dos percursos, 3) Dos aspectos relacionados com a segurança, 4) Do convívio e boa disposição, 5) Tratam o cliente, não como tal, mas como um amigo, 5) e finalmente têm para oferecer ao cliente um naipe de actividades bastante variado. 6) Como desvantagem é a limitação do raio da acção, ou seja limitam-se a Portugal e Espanha ou talvez França, o que acho limitado.

António Curto

A minha primeira experiência ocorreu este ano; aderi à subida do "caminho do morto que matou o vivo" e fiquei viciado nas caminhadas. Daí a comprar equipamento adequado -botas, mochila, bastões, roupa - com a excelente supervisão do David, fou um pequeno passo. Hoje já posso dizer que percorri a pé, pela arriba ou pela praia, em diversas etapas, o caminho do Cabo da Roca até à porta do Forte de Peniche.

Maria João Martins

Gosto de usar a palavra "aventura" para falar daquilo que tenho encontrado nas actividades de ar livre organizadas pelo David. Participei já em algumas, desde 2005, e nelas tenho encontrado um espírito de descoberta e de contacto com a Natureza fundamentais para a maneira como gosto de viver a minha vida. Mas não é apenas isso: aprendi igualmente muitas coisas que não sabia (excepto ler mapas, mas isso é outra história! ? ) quer relativas a procedimentos e práticas, quer relativas a mim própria como pessoa. Tudo isso tem sido muito estimulante. Quero salientar ainda o ambiente de companheirismo e boa-disposição que se vive em todas as actividades e a organização que tem sido exemplar. Parafraseando o David, e desta vez para ele: bem hajas! Um grande abraço.

Ângela e Nuno Viana

Já participamos em diversas actividades desenvolvidas pela Montes e Vales - canoagem, rapel, montanhismo, pesseios... etc... etc. Em todas elas existiu sempre um denominador comum - boa disposição - a qual permitiu enfrentar as dificuldades com muita diversão. São sempre boas experiencias para conhecer novos spots e até para nos conhecermos melhor a nós proprios, e claro, outros companheiros de jornada. Um Grande abraço para a Montes e Vales, especialmente para o David e para o Pedro. Nuno Viana / Angela Viana

Ana Martins

fantastico.. ambiente divertido.. Gente maluca, por isso me sinto tao integrada. ahahaha creatividade no que toca á diversidade de actividades. Só tenho uma reclamação a fazer.. Nunca organizam nada aqui para os lados de barcelonaaa.... Obrigada a todos que fazem parte de esta organização ou colaboram com ela. sem eles já não seríamos os mesmos nem teriamos uns fins de semana tao geniais. obrigada

Eliane Pimentel

Participar nas actividades da Montes e Vales é sempre algo de muito enriquecedor. Durante as actividades constata-se estar sempre presente um grande profissionalismo aliado a um especial clima de amizade e camaradagem. Penso que as actividades desenvolvidas por Montes e Vales estão indicadas para todas as pessoas, indenpendentemente do seu sexo, idade e de estarem só ou acompanhadas.

Margarida Gomes

Olá a todos! O que tenho a dizer acerca das actividades Montes e Vales recai em palavras muito simples, "passeios simplesmente fantásticos, muito bom espírito...", também tem sido uma belissima aprendizagem entre a natureza e o meu eu. Espero ainda muito, muito mais, tendo a certeza que nos irás sempre surpreender. Obrigada David! Margarida Gomes

Cristina Coelho

Confesso que quando me pedem para escrever um texto sobre algo faço sempre a mesma pergunta a mim própria: e agora?! Logo seguida daquele momento de angústia e aperto no estômago que o confronto com um papel em branco nos dá. No entanto, quando iniciei o parágrafo anterior soube de imediato que a escrita deste texto seria diferente. Diferente, porque estaria a escrever sobre a Montes e Vales. E, para aqueles que já fizeram actividades, é impossivel pensar na Montes e Vales sem que um sorriso nos acenda o rosto. Há um conjunto de sensações e recordaçãos que nos assaltam. Gera-se instantaneamente um misto de sentimentos: o sentimento de liberdade que uma actividade de out-door nos dá e a recordação da beleza natural dos lugares que já visitámos. Assalta-nos então um sentimento incómodo: a saudade. A saudade dos locais, de sentir o vento na cara, dos cheiros, da luz, da sensação de aventura e descoberta, mas principalmente, a saudade das pessoas. Passamos a ter saudades de todos aquelas pessoas que partilharam esses momentos connosco porque, dessa forma, passaram a fazer parte das nossas vidas. Temos saudades dos calmos e dos animados, dos bem dispostos e dos stressados, e ainda, curiosamente, dos bem dispostos que nos stressam! A participação numa actividade Montes e Vales não se resume apenas a passar um conjunto de horas ao ar livre a desenvolver uma actividade fisica mais ou menos dura. É certo que esse será um dos objectivo mas, pelo caminho, partilham-se momentos, criam-se laços e amizades fortes. Eu tenho a sorte de fazer parte dos "habitués" da Montes e vales. Gostaria de o ser ainda mais. E, já agora, de também ter um pouco mais de tempo para escrever este texto, mas enfim, como referi no inicio, é mais fácil falar/escrever sobre o que conhecemos e gostamos, e este saiu mesmo de rajadam, sem tempo e sem angustias. Beijinhos e saudades (muitas) a todos! Cristina Coelho

José Filipe de la Fuente

Lembro-me que a ida aos Pirenéus foi particularmente boa. Partimos numa sexta-feira, com encontro marcado perto do parque de Aiguestortes, em Vall de Boi. Dormimos num camping pelo caminho para partir em dois os 1200Km de viagem e lá nos encontrámos com o resto do grupo na manhã de Sábado. Daí partimos de carro até à barragem de Cavallers onde deixámos os carros e começámos a subida até ao refúgio de Colomeres. Os 3 dias seguintes foram espectaculares, com umas caminhadas surpreendentes pela neve (apesar de já não ser suposto estar tão nevado), em que os mais anafados :) se enterravam até aos joelhos. Cansados mas sempre animados pelas piadas (um bocado tontas) do Ricardolas tornámos aos carros e partimos desta vez para o parque de Ordesa, com muita chuva na viagem. Fantásticos trekkings no parque nacional, um sitio a não perder, seguidos de belas jantaradas feitas por experientes cozinheiros que por coincidência nos acompanhavam, numa óptima casa que alugámos a uma velhota simpática. Mas o melhor ainda estava para vir, porque no dia seguinte fizemos a ascensão (aparentemente impossível para quem olha cá de baixo e não tem asas!) do Tozal del Mallo, belíssima caminhada por estreitos carreiros até ao pico a mais de 1000m de desnível do ponto de partida. A coisa ainda não estava terminada porque no ultimo dia de manhã, antes de iniciarmos a viagem de regresso, fizemos a altamente cénica via ferrata das Cascatas do Sarrosal, coisa fácil mas verdadeiramente espectacular (infelizmente lá tivemos de gramar de novo com o Ricardolas, mas é a vida). Foram umas belíssimas mini-férias, muito variadas e divertidas, sempre bem organizadas pelo omnipresente David. A repetir.

Carlos Oliveira

As viagens são bem organizadas e proporcionam experiências interessantes e convívio com um conjunto de intervenientes bem dispostos, interessantes e divertidos. Há uma preocupação evidente, e conseguida, de criar um conjunto de oportunidades variadas e interessantes que motivam a participação nas actividades. No entanto, os preços elevados praticados (que o ser associado não permite contornar) e o objectivo implícito de fidelização do cliente por via da integração num certo espírito de grupo são desvantagens a ter em conta para quem quer participar com um espírito puramente lúdico e descontraído. Definitivamente recomendado a quem pretenda participar nalgumas actividades diferentes do habitual.

Jorge Peixoto

Participei no Percurso Formativo em Alpinismo de 2008. Apreciei particularmenete a gestão dos equilíbrios: por um lado, o equilíbrio entre o rigor e a serenidade necessários para garantir a segurança numa actividade deste tipo e, por outro lado, o equilíbrio entre a fixação de objectivos desafiantes e a capacidade de integrar estilos e capacidades individuais diversificados, mantendo-se sempre um ambiente de grande camaradagem.

Carlota Pacheco Vieira

Pois bem… nem sei onde começar, mas uma coisa vos garanto, várias foram as minhas experiências em grupos de "aventura" e nenhuma equipara-se ao quanto me sinto confortável com o grupo M &V. Não sei como surge nem como é planeado, mas vivo uma cumplicidade de sentimentos e uma harmonia de acções quando me junto a tão agitado grupo que se traduzem numa sinalética de bem-vinda, mesmo não conhecendo ninguém. Umas das partes boas é que com o mesmo grupo já consegui fazer coisas tão distintas enriquecedoras como usufruir de uma peça de teatro até cheirar os ventos e a neve de numa montanha Aqui os desafios foram constantes e saber ultrapassa-los com mais ou menos sucesso faz-nos sentirmos vivos e dignos de novas apostas. Fico feliz por poder ter esses momentos mágicos na minha vida e partilhar convosco neste momento. Obrigada pela oportunidade de vos conhecer. Termino apenas com: é tão bom sentirmo-nos bem!!! "Haja saúde!" e até um dia desses. Carlota

Margarida Esteves

Completamente VICIADA! Foi AMOR à 1ª vista, é DESAFIO que não tem fim, é DESCOBERTA de coisas impensáveis, é SURPRESA de encontrar gente encantadora, é ADMIRAÇÂO por tanto empenho com que as actividades são feitas, é LOUVOR pela eficência e profissionalismo, é um MUITO OBRIGADA por poder usufruir de tudo isto!

Márcia Rocha

M&V tem um papel marcante em minha vida, comecei actividades em um momento nao tao bom, digamos que estava num vale a procura de uns montes:), e ainda bem que iniciei neste grupo... Montes e Vales nao me trouxe apenas a possibilidade de actividades out-door, isso poderia eu encontrar tambem em outros sitios, mas com M&V é como voce comprar um pneu, mas em troca voce recebe é um carro inteiro... Voce paga por uma caminhada, mas depois disso... aguarde... voce leva consigo um turbilhao de coisas: novas amizades, teatros, jantares, voluntariados, desafios, poesias,piadas, gargalhadas, fotografias, ha até cupidos casamenteiros... enfim sao fortes e boa emocoes que te fazem ver e viver a vida de forma muito mais bem aproveitada ... Obrigada minha amiga Ana por me ter apresentado ao David Monteiro na nossa primeira actividade em Coentral ...aquele percurso em 8 ainda está trazendo um infinito ( 8 deitado ) :) de surpresas boas... Que venham os vales e os montes, eu quero é mais....:)

Mariana e Paulo Costa

Rominós, Pandas, Mulaços, o Sr. Ferraz, Grifo-man, Tigrezas e outras entidades... Só lá estando é que se sabe o bom que é lá estar. Bendito o fim-de-semana que, mesmo com uma chuvinha irritante, nos levantámos às 5h30 da madrugada de um Domingo para nos encontrarmos, "às cegas", com um grupo de gente totalmente desconhecida, que um "moço" proveniente das Áfricas mas amante dos Pirinéus tenta, por vezes a muito custo, liderar ou, ainda com mais dificuldade, ensinar a liderar... Desde esse dia, já algo longínquo, em que nem botas de caminhada "decentes" tínhamos, até aos dias de hoje, em que nos regozijamos por ter conseguido chegar onde nunca pensámos ser possível para dois "comuns mortais" como nós, partilhando momentos simplesmente fantásticos, percorremos um caminho, para dizer o mínimo, muito agradável. Ao longo de Montes e Vales, limites interiores vencidos, limites exteriores conquistados. Fazemos nossas as palavras de alguns que já aqui testemunharam: Bem-Hajas, David! E, para não te ficares a rir sozinho, o nosso Obrigado também a todos os que nos têm permitido conhecer novos horizontes, a todos os níveis.

Luís Filipe Martinho

O que me agrada na Montes e Vales? Antes de mais a sua dimensão humana. Uma dimensão que é assegurada pelas pessoas da Montes e Vales, mas que essencialmente resulta de toda uma filosofia de desfrute responsável da montanha (não é só montanha, eu sei, mas cada um fala...). E é esta filosofia aberta a múltiplas vivências da montanha (...) que abre lugar a que todos encontremos o nosso lugar, os nossos momentos de prazer nas diversas actividades que nos são propostas de forma custumizada, "chave na mão". E é também esta filosofia que nos permite partilhar uma mesma saída com a nossa namorada e/ou os nossos amigos, mesmo naqueles casos em que nós gostamos de caminhar mais 40km do que ela (ou eles), ou subir mais 2000mts. E é assim, porque alguém pensou e, se assegurou, que quer uns, quer os outros, poderão desfrutar de experiências gratificantes. Daquelas que nos põem em paz com o mundo, que nos fazem entender o que de facto é importante nas nossas vidas.

Leonor Garrido

Solana d'Ávila, foi, como lhe chamei naquela altura, uma vivência "nas neves, por cima de nuvens". Com um joelho ainda em fisioterapia, e um miúdo de 11 anos que estava sempre no meio do chão, não será surpresa dizer que o meu mais resumido testemunho se chama "CONFIANÇA" seja no que for, se organizado pela "Montes e Vales". Queremos mais :)

Pedro Alves

Só tenho uma palavrinha acerca do que penso destas actividades: ADORO!!! Queremos mais :)

Rodrigo Ferraz

A 1ª vez é sempre a que fica. Fui mais para fazer a vontade a uma pequena. Confesso que também por curiosidade e de tanto a ouvir falar sobre caminhadas e pessoas tão heterogéneas ... curiosidade. Não me passava pela cabeça o quanto era interessante e relaxante um passeio por meio "de um nada" com pessoas que não conhecia. Fiquei pasmo de como era tão simples comunicar com pessoas tão diferentes de mim (aparentemente). As ideias os temas os gostos não eram assim tão diferentes como eu pensava e em comum creio eu era o gosto por um bom papo despreocupado, por um bom passeio e por uma boa actividade relaxante. Fico agradecido a uma pessoa em especial por ter-me dado isso, por ter-me dado um novo motivo para acordar às 5:00AM... por ter conhecido os tais rominós os tais pandas os gritos em meio do nada SLB SLB, às cachupas, aos jantares e convívios que aconteceram com novos amigos a que passo a chamar dos pés de Léguas. Só me resta dizer que tenho saudades por vezes de não poder ir a todas. Mas em breve " ME AGUARDEM" porque o Sr. Ferraz volta. E para ti Caríssimo só consigo dizer esta palavra OBRIGADO David.

Eunice Quintas

Montes e vales começa por ser uma promessa cumprida! Muitas histórias vividas ao longo de quase 1 ano (já 1 ano, meu Deus como o tempo passa!), histórias que mudaram a minha vida, sem dúvida! Histórias vividas com pessoas fantásticas, que fazem agora parte do que sou hoje! Montes e Vales começa a acomodar-se e a fazer parte do meu próprio ADN. Estou viciada e fã incondicional! O espirito de entre-ajuda, o convivio são e verdadeiro, a alegria, a vitalidade, a busca e descoberta de cantos e recantos de verdadeira e sublime beleza natural. Como o nosso País tem paisagens lindas e tão pouco exploradas! Montes e Vales proporciona sobretudo uma constante procura de novos desafios e incita-nos a desafiarmo-nos a nós próprios, proporcionando momentos de absoluto prazer. Bem hajas David pelo profissionalismo, dedicação, respeito e, sobretudo carinho, com o qual preparas cada detalhe, para fazer do meu e, do nosso tempo, um tempo verdadeiro e cheio de vida!

Calendário de eventos

Calendário de viagens

Outras viagens em calendário

Mensagem

dm002

Olá,

Chamo-me David Monteiro e sou o responsável pela Montes e Vales.

Antes de mais deixo o convite para que visite o nosso site e descubra por si o que fazemos. As fotografias e filmes que poderão ver aqui são o resultado de muitos momentos bem passados com pessoas fantásticas.

ler mais